Blog

Qual a diferença do seguro de condomínio do seguro residencial

Qual a diferença do seguro de condomínio do seguro residencial

Conheça a diferença do seguro de condomínio do seguro residencial para fazer a contratação certa e proteger o seu lar. 

Proteger os seus bens é o que todo mundo deseja, mas, quando se trata do lar, existem dois produtos que causam um pouco de confusão. Pouca gente sabe que existe diferença do seguro de condomínio do seguro residencial e acha que estará protegido tendo apenas um deles.

A proteção realmente ocorrerá, porém, em partes já que cada um oferta coberturas diferenciadas. Portanto, não se deixe enganar pelo nome parecido, aprenda para que serve cada um desses seguros. 

Para que possa entender a diferença do seguro de condomínio do seguro residencial, o primeiro passo é verificar o que cada um oferece e seu funcionamento.

Seguro de condomínio

O seguro de condomínio é obrigatório por lei para todos os condomínios horizontais ou verticais sejam eles residenciais ou comerciais. Ele tem por objetivo proteger as áreas comuns do local, sendo que as coberturas obrigatórios são contra raios, incêndios e explosões.

Isso significa que ele não protegerá, por exemplo, um apartamento se ele pegar fogo sendo que o início foi dentro dele, apenas corredores e outros ambientes que sejam utilizado por todos. 

Para que seja contratado o seguro de condomínio, o síndico deverá fazer a adesão a ele e por ser obrigatório a todo momento deve estar ativo. 

Vale ressaltar que no momento da adesão a essa proteção, se desejar o condomínio pode ampliar as coberturas ofertadas além das obrigatórias em lei. Nesse caso poderiam ser incluídas proteções contra colisões de veículos, queda de aeronaves, responsabilidade civil e muitos outros.

Seguro residencial

O seguro residencial serve para proteger especificamente o lar, nesse caso as partes que não estão amparada pelo seguro de condomínio.

Lembra que citamos que um apartamento pode pegar fogo? Se ele tiver um seguro residencial, o proprietário poderá receber a indenização dos danos, uma vez que ele possui exatamente esse objetivo. 

Ele pode ser usado tanto para casas como apartamentos e vai proteger contra possíveis incidentes ocorridos nesses locais, indenizando por perdas parciais ou totais. O seguro residencial funciona como um complemento do seguro de condomínio.

A contratação dele é opcional, apesar de ser bastante indicada para quem quer estar prevenido em qualquer situação. 

As coberturas põem ser bastante variadas e incluem incêndios, explosões, roubos, vidros e outros danos que venham a ocorrer.

Diferença do seguro de condomínio do seguro residencial

A diferença do seguro de condomínio do seguro residencial não se resume apenas as coberturas ofertadas e locais que serão protegidos, elas vão muito além,

No primeiro caso, ou seja, o seguro de condomínio, ele atende a um coletivo e as coberturas que um terá direito será a mesma para todos os demais condomínios.

Já no caso do seguro residencial, a contratação é individual e existe a flexibilidade de cada pessoa escolher quais são as coberturas que deseja ter. Todos os vizinhos podem ter um seguro residencial, porém, as proteções de cada um podem ser diferentes.

Existe diferença do seguro de condomínio do seguro residencial e sabendo qual ela é e para que cada um serve, fica mais fácil pesquisar pelo produto certo e fazer a adesão. 

Post anterior
Seguro de condomínio: coisas que você deve saber
Próximo post
Como funciona o sinistro do seguro de condomínio
Menu
Cotação via WhatsApp! whatsapp